Liquidez é baixa e preço cai em SP


14/02/2017

O ritmo de negócios continuou lento no mercado paulista de etanol na última semana, embora algumas usinas busquem acelerar as vendas no spot em função da proximidade da nova safra.

Segundo pesquisadores do Cepea, praticamente as mesmas unidades que vinham ativas no spot seguiram comercializando. Distribuidoras, por sua vez, permaneceram adquirindo volumes pontuais, se abastecendo com produto de contratos. Por mais uma semana, os preços refletiram pouco o diferencial logístico de unidades produtoras, com quedas em todas as regiões do estado de São Paulo.

De 6 a 10 de fevereiro, o Indicador Cepea/Esalq do hidratado foi de R$ 1,7172/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), queda de 1,3% sobre o período anterior. O anidro se desvalorizou 2,1% em igual comparativo, a R$ 1,8686/litro (sem PIS/Cofins). 

O Indicador Esalq/BM&FBovespa do hidratado, posto Paulínia (SP), fechou a R$ 1.765,00/m3 (sem impostos) nessa segunda-feira, 13, baixa de 1,9% sobre a segunda anterior.


Fonte: Cepea



Leia mais